42 Haicais e
7 Ilustrações

O haicai é uma forma de poesia japonesa, com frases de cinco, sete e cinco sílabas. Alguns dos poemas de João Varella no livro 42 Haicais e 7 Ilustrações surgiram primeiro como postagens de rede social, outros como anotações e outros ainda enquanto transcrevia os poemas à folha impressa com lápis. Uma desconstrução do haicai, logo na gênese da criação.

A experimentação também está presente nos desenhos de FP Rodrigues, que criou figuras e imagens que se comunicam e relacionam com os haicais, mas também têm vida própria. De acordo com a tradição japonesa, as ilustrações feitas à lápis são haigas.

Cada exemplar da tiragem de mil cópias de 42 Haicais e 7 Ilustrações traz uma capa única, impressa manualmente com tinta acrílica e estêncil. O miolo traz as marcas de lápis, borracha e revisão. O livro venceu prêmios internacionais, como If Design Awards (Alemanha), Lusos (Portugal), entre outros.

42 Haicais e 7 Ilustrações é o livro nº 8 da Lote 42.

Especificações Técnicas

42 Haicais e 7 Ilustrações autores João Varella e FP Rodrigues ISBN 978-85-66740-09-7 idioma português dimensão 21 x 14 cm edição 1ª ano de lançamento 2014 número de páginas 64 edição geral Cecilia Arbolave e Thiago Blumenthal projeto gráfico Gustavo Piqueira | Casa Rex 

42 Haicais e 7 Ilustrações autores João Varella e FP Rodrigues ISBN 978-85-66740-09-7 idioma português dimensão 21 x 14 cm edição 1ª ano de lançamento 2014 número de páginas 64 edição geral Cecilia Arbolave e Thiago Blumenthal projeto gráfico Gustavo Piqueira | Casa Rex 

“O leitor terá a oportunidade de pintar cenas maravilhosas do cotidiano, como situações com ônibus lotado, prestações atrasadas, relações familiares, entre outras. O que não pode é seguir o traço fino da arte, há de estabelecer uma perfeita harmonia com o que é proposto (fica a dica!).”

LiteraturaBR

“Alexandra Moraes satiriza moda de obras terapêuticas com sua tira O Pintinho, com traço feito no Paint. Nada de mandalas, flores, passarinhos, florestas encantadas. No livro, as atividades dizem respeito às desventuras da classe média brasileira.”

O Grito!